terça-feira, 14 de outubro de 2008

Ferraria - São Miguel - Açores- Portugal

Do ponto de vista da flora endémica e da geologia característica deste lugar, neste espaço salientam-se:Uma Pseudo-cratera, assim designada por não possuir uma conduta de alimentação profunda,que se formou na sequência de pequenas explosões de vapor, resultante do contacto da escoada lávica com a água do mar.



Os xenólitos, características dos depósitos vulcânicos que constituem a fajã lávica da ferraria, são constituídos neste caso, por rochas granulares, formadas em profundidade e trazidas à superfície em episódios vulcânicos subsequentes. O mar tem uma temperatura muito agradavel resultante do contacto da escoada lávica com a água do mar.
É um dos locais onde podemos ver o horizonte em formato redondo, pois é o ponto mais ocidental da Ilha de São Miguel.

1 comentário:

Maria Guida disse...

Adorei visitar esse local e tomar umas boas banhocas nessa piscina natural da ferraria.

Chuviscava e eu sentia-me feliz nesse espaço maravilhoso!

Obrigada por toda a informação.

Na verdade que a informática faz maravilhas.

Maria Guida